sexta-feira

SUCESSO SEM ESFORÇO

O título pode sugerir algumas confusões. Quando o autor diz “sucesso sem esforço” ele não quer dizer “ganhar sem trabalhar”. A bandeira que ele levanta é a do trabalho feito de maneira prazerosa onde o sucesso acontece sem que o forcemos a acontecer. Este é, sem dúvida, um dos livros mais significativos que li. (Tom R.)

SUCESSO SEM ESFORÇO
Fred Gratzon
Editora Cultrix / 216 páginas


Uma seleção das melhores frases feita por Tom R. especialmente para o blog MAIS DE MIL FRASES DE EFEITO.
Se reproduzir este texto em algum outro veículo de comunicação, preserve os créditos acima.


Sucesso sem esforço
Como não fazer nada e conseguir tudo

Vc vai ver que o jeito mais rápido de alcançar o sucesso é ser preguiçoso.

O impulso de achar meios de evitar o trabalho rege todo o progresso da civilização.

Vc também vai constatar que os verdadeiros heróis e heroínas responsáveis por todos os avanços e sucessos da sociedade têm sido, e sempre serão, essencialmente pessoas preguiçosas.

Como é que eu, quando não faço nada, não consigo nada?
É porque você não está “não fazendo” direito. Mas isso é fácil de corrigir.

Todos esses atributos que meu pai e outras almas pensantes semelhantes condenam como falhas de caráter têm se mostrado, ao contrário, combustível para o foguete que leva ao sucesso estratosférico. Eu até mesmo acho que aquelas características chamadas de “preguiçosas, fantasiosas e irrealistas” são absolutamente essenciais para o avanço da civilização e para a geração de imensas somas de riquezas, sem mencionar que elas são a chave para a alegria e a realização.

A preguiça é o impulso para evitar o trabalho ou, num cenário mais dramático, fazer o mínimo possível. Este é um impulso admirável. Deveríamos nos orgulhar dele, e alimentá-lo, porque este impulso não só está de acordo com as leis da natureza, como é a chave para o grande sucesso. O indivíduo que tira vantagem inteligentemente da preguiça que Deus lhe deu consegue realizar qualquer coisa.

Quando Deus criou o universo, Ele não trabalhou para fazer isso. Como um ser grandioso, como Deus poderia considerar a criação um trabalho? Deus é onipotente. Sendo este o caso, Ele certamente não teve de levantar nenhum peso. Sendo Deus onisciente, Ele obviamente não precisou suar para completar os detalhes. E, sendo onipresente, não precisou nem mesmo se deslocar para o local. Então, que trabalho Ele teve?
Dadas as qualidades de Deus, só podemos chegar a uma conclusão – o ato da criação foi apenas um delicado movimento de Sua mente ilimitada. Pensar de outra maneira é subestimar grosseiramente o infinito poder e a glória do nosso Criador. Mas esta não é a melhor parte. O detalhe mais prazeroso é que, depois de levar seis dias naquilo que evidentemente não Lhe exigiu o mínimo esforço, Deus descansou.
Já que Deus nos criou à sua imagem, vamos também expressar essa bênção magnífica em nossa vida. Vamos criar sem esforço durante seis dias e descansar no sétimo.

A mãe natureza é preguiçosa?
Não só Deus não trabalhou na Sua criação, como também programou o universo inteiro em torno de um princípio contrário ao trabalho. Em outras palavras, a Natureza também não trabalha. Ela funciona sem esforço e, diante de uma situação, vai sempre escolher o mínimo esforço. Os físicos deram um nome a essa maravilhosa característica – o Princípio na Menor Ação.

Enquanto o esforço e o trabalho árduo diminuem, o sucesso torna-se maior. Conforme vc se movimenta para a frente sem esforço, o sucesso se move para a frente infinitamente.

Se as pessoas fossem remuneradas com base no volume de trabalho árduo necessário para realizar uma tarefa, os trabalhadores braçais seriam as pessoas mais ricas da sociedade. Obviamente isso não acontece.

Duas pessoas usando o cérebro conseguiram sem esforço aquilo que sete pessoas dando o máximo de si não tinham conseguido. Nós não evitamos a tarefa; evitamos apenas o trabalho. Descobrimos a solução que não exigia esforço.

Dali em diante fiquei sabendo que não há nada na vida que não possa ser realizado. É simplesmente uma questão de achar o ângulo certo. E o ângulo para uma realização maior, eu descobri, é sempre na direção da facilidade e da ausência de esforço.

A pessoa criativa é uma pessoa preguiçosa.

Pense nisso. A primeira pessoa que pensou em pôr uma vela num barco quis deixar de remar. Quem quer que tenha atrelado um arado a um boi estava procurando um jeito de deixar de cavar.

Vamos encarar essa verdade, a pessoa criativa é preguiçosa.
O contrário é verdadeiro? Todas as pessoas preguiçosas são criativas? Não, não são, mas certamente têm a postura certa para começar.

Sem esforço, nada se ganha. Quem inventou esse slogan absurdo? A resposta é: um levantador de pesos!

Qual é então o jeito certo de viver? A vida deve ser vivida como uma brincadeira
(Platão – filósofo grego)

O seu trabalho deve ser uma diversão. (...) O seu trabalho deve gerar alegria.

Brincar no local de trabalho não é uma atitude irresponsável, como os defensores do trabalho duro querem fazer vc acreditar.

O negócio que encara a diversão como “não profissional” ou “imprópria” ou “deslocada” abafa o processo criativo e progressivo.

A necessidade não é a única mãe da invenção.

Muitas das mais significativas teorias e descobertas mundiais nem ao menos foram feitas durante uma jornada de trabalho propriamente dita.

Se o processo para atingir o objetivo for divertido, então vc vai saber que está no caminho certo.

O homem está mais próximo de si mesmo quando ele alcança a seriedade de uma criança brincando. (Heráclito – filósofo grego)

Quando vc está apaixonado pelo que está fazendo, o dinheiro é um subproduto abundante.

Faça o que gosta de fazer e o dinheiro vai aparecer.

Se vc gosta do que faz, sua riqueza não será só medida pelo dinheiro.

Ninguém aprende a entender nada a não ser aquilo que gosta muito. (Goethe)

Trabalho é tornar o amor visível. (Kahlil Gibran)

Pesquisas têm provado que as pessoas sem objetivo envelhecem mais cedo. Esses estudos também descobriram que o fator mais importante para reduzir o processo de envelhecimento é a alegria.

A cura de doenças
No livro “Amor, medicina e milagres” Bernie Segal conta a história de um jovem que foi pressionado pela família para se tornar advogado. Quando estava exercendo a advocacia, ele recebeu o diagnóstico de câncer em fase terminal. Sabendo que o tempo que lhe restava era pouco, o jovem decidiu realizar o sonho que acalentara durante anos e aprendeu a tocar violino. Um ano depois a doença entrou em completa remissão. Ele nunca mais voltou a exercer a advocacia.

Reflita sobre um de seus grandes desempenhos – um que foi surpreendente, miraculosa e imensamente melhor do que vc teria esperado de si mesmo em condições normais. Pode ter sido um desempenho atlético, ou uma sublime expressão artística, ou um feito acadêmico importante, seja lá o que for. (...) Eles não podem ser provocados por meio de manipulação e controle. Esses desempenhos são expressões de desembaraço e ausência de esforço que aprenderemos a cultivar.

Um desempenho excelente surge ao reagir espontaneamente à situação, sem pensar sobre o que está acontecendo. O microcontrole e a manipulação atravancam o caminho do desempenho máximo.

Os músicos falam daqueles momentos eufóricos quando todos os instrumentistas de um conjunto transcendem coletivamente seu ego individual e se fundem para se tornar um músico tocando todos os instrumentos.
Os músicos dizem que esses momentos especiais não podem ser planejados. Acontecem somente quando cada músico pára de tentar controlar e abandona a sua necessidade de controle.

Um bom diretor nunca pode forçar uma cena; ele precisa apenas deixá-la acontecer e esperar que ela se resolva. (John Huston – diretor americano).

Quando um arqueiro está atirando suas flechas sem concorrer a nada, ele está na posse de todas as suas habilidades. Se atira por um cinto de bronze, já fica nervoso...
O prêmio o deixa dividido. Ele se preocupa. Ele pensa mais em vencer do que em atirar – e a necessidade de vencer esgota todo o seu poder. ( Chang Tzu – sábio chinês taoísta)

Esses momentos especiais surgirão quando estivermos tão profundamente absortos no que fazemos que deslizaremos calmamente para além do desejo do ego de controlar e o nosso desempenho fluirá livre e naturalmente. É esse abandono que permite que nos tornemos um canal sem atrito para que flua a grandeza com que a natureza inicialmente nos dotou.
(...) Ralph Waldo Emerson disse poeticamente que é como se alguém “atrelasse um vagão a uma estrela e visse suas tarefas feitas pelos próprios deuses”.

Quanto menos esforço empregar, mais rápido e mais poderoso vc será. (Bruce Lee)

Existe algum princípio profundo que uma pessoa preguiçosa possa compreender e então aplicar com sucesso?
Sim, existe tal princípio. Dentro desse princípio repousa o segredo de se conseguir tudo.
(...) veremos como esse princípio é o principal segredo, na verdade o único, para resolver todos os problemas.

Vamos usar a física quântica para ilustrar esse princípio. Quando olhamos ao redor, vemos objetos duros, específicos. Mas, mas como todo aluno de colegial sabe, o assim chamado mundo tangível é construído em camadas: todos os objetos são compostos de moléculas, e as moléculas são formadas de átomos, e os átomos são formados de partículas subatômicas. Por sua vez, no nível das partículas subatômicas alguma coisa surpreendentemente misteriosa acontece – o mundo sólido desaparece.

O grande princípio
É muito importante que esse conceito seja entendido, que o sutil é a base do tangível, e que o conheçamos profundamente. Porque, com essa compreensão, vc será capaz de atingir um grau de poder grande e glorioso. E a razão é tão surpreendente quanto um tremor de terra: o poder reside na sutileza. Em outras palavras, o sutil é mais poderoso que o denso. Quanto mais sutil, mais poderoso.

Aqui reside o segredo do sucesso. Contrariamente à violência insensata do machismo, o poder repousa na delicadeza. Este princípio, quer seja usado conscientemente ou não, é a base de todo o sucesso e de todas as soluções.

O poder reside no que é delicado.

Davi derrotou Golias por ser mais delicado. Ele simplesmente recorreu a uma lei da física mais sutil do que a força bruta. Ele usou a força centrífuga, sem falar da precisão da sua pontaria. Davi derrotou Golias sem transpirar uma gota de suor.

Há dois poderes no mundo – a espada e a mente. No final, a espada é sempre derrotada pela mente. (Napoleão)

A Bíblia diz em Mateus 5:5; Os sutis herdarão a terra. Na verdade, a tradução comum do texto grego é “mansos”, mas estou convencido de que não só é uma tradução extremamente fraca como um trágico mal-entendido da declaração original. Faz mais sentido do meu jeito.

Pessoalmente, eu não suportaria a vergonha de dizer que tive que trabalhar duro. Isso seria admitir que não encontrei um modo mais inteligente de realizar uma tarefa.

Ao encarar um problema, a grande maioria (e isso é invariavelmente verdade quando se trata de governantes) procura a solução no mesmo nível do problema. Isso significa que as pessoas primeiro tentam resolver o problema lidando diretamente com os sintomas dele. Por exemplo, um sintoma de que uma árvore está morrendo de sede são suas folhas secas. Os políticos iriam sugerir que é preciso trabalhar duro e molhar cada folha.
Isso é como a maioria e, especialmente, os governantes lidam com os problemas. E é por isso que os problemas pioram. Em vez de molhar as raízes, eles trabalham duro para aliviar os sintomas.

A medicina moderna é conhecida por se satisfazer em tratar os sintomas. Mas tratar os sintomas nunca curou uma doença. Tratar os sintomas de hipertensão com remédios não resolve o problema de hipertensão. Tome comprimidos e sua pressão sangüínea vai baixar. Pare de tomá-la e ela sobe imediatamente. Portanto, os comprimidos estão apenas mascarando os sintomas. Não somente o remédio não está curando nada, como está criando problemas adicionais – efeitos colaterais nocivos e novas doenças. Ainda assim os médicos enchem os pacientes de comprimidos que não curam nada e cobram por esse serviço.

Agora, deixe-me contar-lhe bem baixinho o grande e glorioso segredo. Ele poderia mudar o mundo para sempre. As soluções são sempre encontradas num nível mais sutil que o problema.

Os níveis mais densos são complicados, barulhentos e têm uma porção de partes que se movem selvagemente. Em comparação, os níveis mais sutis são mais simples, silenciosos e menos ativos. Existe diversidade no que é mais denso. A unificação aumenta quanto mais avançamos no sutil.

O segredo de resolver problemas é atuar num nível mais sutil, o que vai sempre resultar em menos trabalho e mais realização. E para dar esse delicioso passo adiante, quanto mais sutil o nível da solução, mais longe a influência vai chegar.

Quanto mais aproveitarmos o sutil, mais facilmente alcançaremos os resultados. Os gregos aproveitaram de tal modo o sutil, que ganharam a guerra não fazendo absolutamente nada. Literalmente, tudo o que eles tinham de fazer era não fazer nada – não falar, não se mexer, não ficarem nervosos, nem mesmo respirar fundo, nada! Os troianos, os derrotados, fizeram todo o trabalho. Eles tiveram a tarefa árdua de empurrar o enorme cavalo de madeira recheado com um batalhão de homens para dentro da sua fortaleza. Os gregos, os vencedores, só foram dar uma voltinha. Os gregos venceram a guerra do jeito preguiçoso – nem mesmo suaram para isso.

As soluções residem no sutil

Quando vc cultivar o apreço pelo sutil, não só crescerá em poder, mas perceberá e aplicará as soluções espontaneamente.

O modo preguiçoso de liderar sem esforço – transforme o trabalho em brincadeira e a tarefa que tiver em mãos vai ficar irresistível para quem estiver por perto.
Dê às pessoas liberdade, desafios e responsabilidade. Dê a elas um veículo no qual possam se expressar, onde possam se sentir apaixonadas por sua atividade e em que possam aproveitar um maior crescimento pessoal. Então vc se verá diante não apenas do desempenho e produtividade crescentes, mas também de uma grande satisfação humana.

Portanto, líderes, o seu trabalho é realmente simples. Vocês simplesmente têm de liberar o seu pessoal. Desde que as pessoas tragam suas próprias motivações, vc tem apenas que libertar seus talentos criando um ambiente cheio de diversão, em que a criatividade e a produtividade floresçam.

Vc pega mais moscas com mel do que com vinagre. (Dale Carnegie)

Vamos encarar isso: quando vc está relaxado e se sente bem consigo mesmo, vc naturalmente pensa e desempenha com criatividade e liberdade. Quando está nervoso, com medo de ser criticado ou censurado, seu coração fica apertado e sua criatividade e produtividade seguem o mesmo caminho.
Tenha em mente esse efeito negativo quando quiser que alguém faça o que vc quer que seja feito. A crítica reduz o rendimento. A crítica destrói uma equipe. A crítica mata o sucesso.

Quando as pessoas estão nervosas ou com medo, elas não pensam com clareza nem com inteligência.

A produtividade dos seus seguidores é diretamente proporcional ao volume de preocupação que vc demonstra e o cuidado que dispensa.
O melhor vendedor do mundo sabe que o único segredo que envolve as vendas é estar sinceramente preocupado com o cliente.
O segredo de ser um grande líder é o mesmo – dê aos empregados a sensação de que vc está lá, presente para eles, e não o contrário.

A essa altura já percebemos que aliar-se à Mãe Natureza é o modo mais fácil para ser espetacularmente bem-sucedido.

Vejamos como podemos nos aliar à Mãe Natureza de tal modo que possamos conquistar seu apoio invencível. E manter isso conosco para sempre. Tudo para o bem de tornar a vida mais fácil para nós, é claro.

Não vou tratar do tipo de sorte voltado para ganhar na loteria ou em Las Vegas. Isso é lidar com as leis das estatísticas e significa estritamente ganhar-ou-perder, na maioria das vezes perder. Se vc estiver procurando a sorte com o propósito de jogar, vc não vai encontrar isso aqui.
A sorte a que me refiro é muito mais profunda, real e digna de confiança. Estou falando de conseguir o apoio completo da própria natureza – em seu empenho para ser bem-sucedido – apenas sendo vc mesmo. E vou lhe dizer o método sem erro para conseguir esse apoio.
A ciência da boa sorte ou, se preferir, a ciência do apoio da natureza é fácil de aprender e, como todas as lições que estão aqui neste livro, fácil de realizar.

O segredo para a boa sorte é simples. O que traz a sorte é o compromisso. Isso é certo, o compromisso estimula o apoio da Natureza.
Compromisso! Que palavra assustadora! Cheira a trabalho duro, não é mesmo? Ahhh, mas não tem nada a ver. O compromisso flui sem esforço quando se vai atrás da alegria.
É assim que funciona. Vc começa trabalhando superficialmente com alguma coisa – fica intrigado, curioso, aproveitando o processo. Não interessa o que seja – aprender a tocar saxofone ou a bater na bola de tênis ou começar um novo negócio. Num determinado trecho do caminho a chave para determinar se vc está no trilho certo é – vc está se divertindo! Só o fato de estar se divertindo ao fazer alguma coisa traz crescimento natural e a sofisticação. Conforme crescem o conhecimento e a sofisticação, aumenta a diversão. Mais diversão leva a mais conhecimento, habilidade e sofisticação. É exatamente o oposto ao círculo vicioso. É o círculo delicioso.
Então uma coisa fascinante acontece. Vc atinge um ponto em que tem uma visão de opções. É como se lhe fosse permitido examinar o longo corredor daquilo que o levará a ser realmente bem-sucedido, a chegar até mesmo a ser grande.

Se houver amor ali, se estiver indo atrás da sua felicidade, dê o Salto. Quando chegar do outro lado, vai experimentar uma coisa maravilhosa!
Estou falando de milagres! Dentro de dias, até mesmo horas, a Natureza vai interferir e imediatamente irá dotá-lo com a sorte mais espetacular. Tudo vai começar a vir até vc. As coisas em geral vão se desenrolar do modo mais afortunado.

Uma coisa é certa – comprometimento traz boa sorte.

Se as suas intenções estiverem em harmonia com a Natureza, então a Natureza não tem outra escolha senão se apressar para ajudar vc a realizar o que “ela” deseja ver realizado. E o que a Natureza quer? Ela quer que vc (e todas as outras pessoas) seja feliz e realizado. Ela quer que a felicidade, a harmonia e o amor se expandam.

O segredo do sucesso está em cultivar a boa sorte. O segredo da boa sorte é assumir compromissos. O segredo de assumir compromissos está em adorar o que estiver fazendo. (...) Então vc entenderá no seu íntimo como Deus ajuda aqueles que ajudam a si mesmos.

A fase do descanso acaba por ser mais importante do que a fase da atividade, já que o descanso dá à atividade um volume maior de combustível para ir adiante.

Arquimedes gritou Heureca! Outros se satisfazem com o AH-AH! Mas todas as explosões de clímax têm uma coisa em comum. Todas brotam do descanso – de um período de desatenção ao problema.

Deixe acontecer – Johannes Brahms ficou farto das pressões para que compusesse mais músicas. Assim, ele deixou de compor. (...) ele se retirou para o campo, onde desfrutava de longas caminhadas e uma vida sem preocupações. Então aconteceu uma coisa engraçada. A música começou a jorrar dele em borbotões. Ele não conseguia fechar o registro. Quando interrogado pelos amigos, ele candidamente explicou: “Eu estava tão contente com o pensamento de não escrever mais que a música surgiu sem esforço”.

O conhecimento é vital para o sucesso mas, confie em mim, é impossível saber tudo. Quanto mais parecemos aprender, mais percebemos o quanto não sabemos. À medida que o nosso conhecimento aumenta, vemos a nossa ignorância crescer ainda mais depressa.

Mesmo que pareça que não se consegue encontrar o sucesso num fracasso, é imperativo enxergar o fracasso e o sucesso não como opostos, mas como elementos-chave de todo o processo do pensamento criativo. Erros, enganos, acidentes e fracassos devem ser aceitos porque servem como trampolins para avanços maiores.

O caminho para o sucesso é dobrar o seu índice de fracassos. (Tom Watson)

Thomas Edison fracassou cerca de 1.000 vezes em sua busca pela invenção da lâmpada incandescente. Alguém perguntou a ele como ele se sentia por ter falhado 1.000 vezes. E ele respondeu: “Eu nunca falhei; apenas descobri 1.000 modos em que a lâmpada não funciona. E cada tentativa me levava mais perto do conhecimento de como funcionaria.”.

Os erros são os portais da descoberta. (James Joyce – romancista Irlandês)

Alexander Graham Bell era professor de crianças surdas. Ele estudou a ciência do som com a única intenção de desenvolver um dispositivo para audição que utilizava som amplificado. Isso o levou a inventar o microfone e o telefone como efeitos colaterais.

Um sistema falido – agora está claro como o cristal que não importa o prestígio da escola, o quanto ela seja bem equipada ou bem capacitada, ou o quanto force o aluno. Não interessa se o programa é da pré-escola ou de doutorado ou qualquer outro entre esses dois. A educação, como ela existe hoje, simplesmente não torna os alunos mais inteligentes. Não releva o potencial mental do aluno. Não aumenta o auto-conhecimento do estudante. A educação moderna é, para a maioria, um desfile de fatos fragmentados, muitas vezes irrelevantes e facilmente esquecidos, que não têm efeito nem uso positivo e duradouro.
A educação contemporânea usa a abordagem do halterofilista (ou viciados em trabalho) para torná-lo mais esperto – ler mais livros, memorizar mais fatos, ter mais pensamentos, pensamentos mais pesados, mais sofisticados, ter seus pensamentos desafiados e criticados, e ficar acordado até tarde durante todo o processo. É uma abordagem de fora para dentro – trata a mente dos estudantes como contêineres que precisam ser enchidos com informações.
Não funciona. Exercitar o cérebro não o torna mais inteligente.

Alguns estudos mostram que estudantes do ensino básico tornam-se menos criativos em conseqüência da sua escolaridade.

Apesar da meticulosidade da educação, eles se esqueceram de uma coisa. Eles se esqueceram do estudante. Eles se esqueceram do “conhecedor” – aquele que conhece o conhecimento. Quem é ele? O que é aquele que realmente faz o conhecimento?
O que vc sabe?
Eu sei termodinâmica nuclear!
Ótimo! Quem é que sabe termodinâmica nuclear?
Sou eu!!! Eu sei isso!!!
Quem é Eu?
Huum... Eu não sei.
Obviamente o seu próprio eu é a base para cada uma de suas experiências. Se vc não souber completamente quem é vc, se ignorar o seu próprio eu, então qualquer outro conhecimento que adquirir será construído sobre a base fraca da ignorância. O conhecimento baseado na ignorância não pode ser profundo ou eficiente. O conhecimento do seu próprio eu – conhecimento da completa totalidade ilimitada do seu próprio eu – é fundamental para qualquer conhecimento.

Todos esses exercícios de ginástica mental são tediosos, sem graça e transmitem pouco da experiência desejada. Além disso, todos eles são difíceis de fazer. Não é de admirar que nenhum deles tenha se tornado popular.
Eu, entretanto, tenho muito carinho pela facilidade. Quanto mais fácil, melhor. Para mim, as regras que exigem esforço e trabalho são para os tolos. Nessa perspectiva tenho tido excelentes resultados com a prática do programa de Meditação Transcendental®, uma técnica apresentada ao mundo pelo Yogue Maharishi Mahesh.
Essa técnica é fácil e não exige esforço. Deixa que a sua mente se dedique a experimentar níveis mais sutis de pensamento até que vc transcenda totalmente o pensamento – para então experimentar a sua consciência no seu estado puro e silencioso.

Experimentar a consciência, no seu estado puro, é a experiência definitiva no campo de não fazer nada. Todas as formas de fazer – inclusive o pensar – cessam. Vc fica desperto na sua própria natureza essencial. Apenas a extensão da consciência está atenta a si mesma. Quieta e tranquilamente. Apenas sendo. Só beatitude. Essa experiência de pura consciência, de não fazer nada, é a base para se realizar tudo.

Já que o campo unificado é silencioso, pura potencialidade, contendo toda a inteligência e criatividade que dá lugar à criação, quando temos a experiência da consciência pura, estamos experimentando na verdade a fonte de todas as formas e fenômenos da criação.
Isso significa algo surpreendente: a natureza essencial do eu é realmente a natureza essencial de todo o universo. Em outras palavras, cada um de nós é cósmico.
Agora estamos chegando a algum lugar.

No Novo Testamento, Jesus aconselha: “Buscai primeiro o Reino de Deus... e todas as demais coisas vos serão acrescentadas”. Ter todas as demais coisas acrescentadas a vc aproxima-se estreitamente da expressão “realizar tudo”. O segredo parece residir em buscar o Reino de Deus em primeiro lugar.
Mais adiante Jesus nos diz exatamente onde encontrar esse Reino: “O Reino de Deus está em vc!”. (Lucas 17; 20-21)
Como chegamos a ele? O Rei Davi conseguiu a fórmula diretamente do próprio Deus. Nos Salmos, Deus disse: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus”.
Aquietai-vos. O quão quieto será que Deus quis dizer com isso? O meu palpite seria completamente quieto. Quieto, sem pensamentos. Quieto na pura consciência. Quieto cosmicamente. Tão quieto, segundo Patanjali, que o pensamento cessa. Isso é estar bem quieto, é o mais quieto que vc pode ficar estando vivo.
Fique quieto. Mais uma vez, quieto em que grau? Quieto não fazendo nada.
Nesse patamar de quietude, em que a consciência é pura, nesse patamar em que intimamente vc conhece a si mesmo e em que sua individualidade se expande e se torna cósmica, nessa plataforma infinita, ilimitada e eterna – aí é onde vc pode encontrar Deus e conhecer Deus.
E, para mim, conhecer Deus é uma outra forma de dizer “realizar tudo”. (Eu imagino que se vc conhecer Deus vc realizou tudo o que é valioso na vida).
E a fórmula para essa realização máxima – a realização de tudo o mais – é simplesmente “Ficar quieto”. Não fazer nada. Seguir o Princípio Natural da Ação Mínima e realizar tudo.
Esse ficar quieto definitivo é cultivado ao longo do tempo. Pessoalmente, descobri que a prática regular da técnica de Meditação Transcendental é o modo mais fácil, agradável e confiável de produzir e alimentar a quietude, essa união com o Eu.
No final, e do modo mais natural e espontâneo, vc será abençoado com a percepção de que vc é o oceano cósmico da consciência enquanto desempenha a sua atividade individual diária. Ao longo dos séculos, essa percepção tem sido chamada de “iluminação”.

Tocar o sutil produz soluções poderosas.

A chave, naturalmente, é a mesma – permitir que a mente se acalme até ficar absolutamente quieta.

Ficar de molho nessa quietude diariamente tem um efeito magnífico no seu dia-a-dia – refina a sua percepção, aguça o seu raciocínio, expande a sua consciência, fortalece a intuição, melhora a saúde, o estado emocional, a vitalidade e melhora a sua sorte.
Essa melhoria contínua significa que vc pode criar de modo mais brilhante e alcançar um sucesso glorioso. Alimentar o silêncio interior também o enche de uma alegria contagiosa que vc naturalmente leva a tudo o que faz e a todos com quem lida.

Só essa experiência profunda de não fazer nada ativa as reservas ocultas do seu cérebro, de tal forma que ele possa expressar completamente o gênio que Deus lhe deu e realizar tudo com facilidade.

Portanto, meu amigo, agora vc tem a fórmula definitiva para realizar tudo, receber tudo o que poderia querer da vida (...). Simplesmente, não faça nada. Este é o modo definitivo de ser bem-sucedido.

Um cantor norueguês de ópera, que era um dos 12 professores qualificados pelo Maharishi para ensinar nos EUA, apresentou a palestra para um auditório lotado. Diferentemente de qualquer dos professores da faculdade a que eu tinha sido exposto, ele falava linda e naturalmente – sem anotações, sem cátedra, sem microfone, sem um vestígio de nervosismo ou agitação. Eu estava aproveitando a apresentação dele tanto quanto a sua presença, mas uma coisa que ele disse saltou para mim como se fosse um canguru. Ele disse que a prática costumeira da técnica de Meditação Transcendental faria a pessoa mais inteligente. Fiquei atônito! A minha desapontadora experiência na faculdade certamente tinha me cansado. Eu nunca tinha ouvido ninguém dizer isso antes. A minha curiosidade crescente para ver se essa previsão poderia verdadeiramente tornar-se realidade me levou a fazer a inscrição para aprender a técnica de Meditação Transcendental.

Finalmente, a hora da minha lição chegou. Sentei-me sozinho com o meu professor, que me instruiu. A técnica da Meditação Transcendental era surpreendentemente fácil de fazer. E funcionou imediatamente. Eu me senti relaxado até a medula. A minha preocupação com a minha inquietude revelou-se sem fundamento. Ficar sentado durante 20 minutos foi puro prazer.
Como tinha sido instruído, eu praticava por 20 minutos, duas vezes por dia – uma vez de manhã e outra no fim da tarde. A experiência era sempre forte e profunda. Instantes depois de começar, a minha mente se acalmava e ficava deliciosamente em paz. Eu pensava muito, muito delicadamente. Estava experimentando uma imobilidade interior – completamente desperto mas, ao mesmo tempo, extremamente relaxado – a ponto de quase não respirar.
O melhor, entretanto, era que paralelamente ao fato de sentir a minha mente mais clara e o meu corpo rejuvenescido depois da prática, comecei a perceber um efeito cumulativo. Os maus hábitos desapareceram. A minha saúde melhorou. A insônia desapareceu. Por um lado, eu me sentia muito mais relaxado e tranqüilo com relação à vida e, de outro, sentia-me muito mais motivado e entusiasmado do que nunca. Sentia-me particularmente satisfeito por perceber que tinha me tornado mais amoroso e tolerante com os outros.
Mas, acima de tudo, percebi que o meu raciocínio estava mais forte. Fiquei surpreso. Seria possível que o programa de Meditação Transcendental estivesse me tornando mais inteligente? Sim! A cada dia eu estava definitivamente despertando e estimulando mais e mais a minha inteligência inata. Finalmente, eu tinha encontrado o que procurava.

Tenho praticado a técnica de Meditação Transcendental desde 1968. Nunca deixei de praticá-la. Eu a vejo como a coisa mais importante que faço diariamente. E é certamente uma das mais sublimes. É o modo preguiçoso definitivo – em que não fazer nada traz a realização de tudo.
Em conseqüência, percebi que cada ano fica melhor e mais divertido do que o anterior. Raramente fico doente e ainda mais raramente deprimido. O meu coração está repleto e aprece que não consigo achar ódio, malícia ou maldade dentro de mim. As minhas experiências sensoriais, mentais e espirituais ficam mais ricas, mais profundas e mais afinadas a cada dia.
Como esclarecimento, devo dizer que o programa de Meditação Transcendental não envolve crenças. É simplesmente uma técnica. Funciona quer vc acredite nela ou não. E, em vez de entrar em conflito com qualquer religião, ela é um complemento de todas as religiões.

Porque ela é eficaz – a técnica de Meditação Transcendental é eficaz porque se baseia na tendência natural da mente.
Vou assumir por alguns segundos o meu papel de professor. Como tudo o mais no universo, o pensamento tem muitos níveis – do mais ativo (em que um pensamento forma a base de uma ação) ao mais sutil, em que o pensamento pela primeira vez surge na consciência. A técnica de Meditação Transcendental deixa a sua mente experimentar sistematicamente níveis cada vez mais sutis de pensamento até chegar ao mais sutil. A sua mente então transcende todo o pensamento. Em outras palavras, vai além do pensamento e vc experimenta o estado mais simples e mais tranqüilo da sua consciência – a consciência pura. Aqui, a atividade mental cessa. A sua mente está amplamente desperta dentro de si mesma – tranqüila e serena.
Assim, em vez de ficar tentando tornar o raciocínio mais forte e mais inteligente trabalhando no nível do pensamento, o programa de Meditação Transcendental tem sucesso porque deixa a mente se mover além do pensamento para experimentar a base do pensamento. E faz isso da maneira mais simples, natural e sem esforço.
Isso tudo acontece muito espontânea e naturalmente. Não exige esforço nenhum nem controle de qualquer espécie. Por ser tranqüilo e por sua capacidade para utilizar o poder sutil, o programa de Meditação Transcendental é perfeito para qualquer aspirante a preguiçoso.

A técnica de Meditação Transcendental dá ao cérebro o descanso mais profundo possível que jamais encontrei. Não consigo imaginar um descanso mais profundo.

No correr dos últimos 40 anos, pesquisadores de todo mundo conduziram muitos experimentos dos efeitos do programa de Meditação Transcendental. Este é o programa de desenvolvimento pessoal mais extensivamente pesquisado e validado do mundo. Foram feitos mais de 600 estudos, realizados em mais de 200 universidades e institutos de pesquisas em 30 países. Muitos desses estudos foram publicados em prestigiosos jornais e revistas científicas e registraram benefícios sem precedentes em todas as áreas da vida – do desenvolvimento das capacidades mentais latentes à melhora da saúde, do fortalecimento da personalidade ao aperfeiçoamento dos relacionamentos pessoais.

Como uma coisa tão simples, que não exige nenhum esforço, pode produzir uma enxurrada tão grande de benefícios? A técnica de Meditação Transcendental faz coisas incríveis: Remove o stress para fora do corpo. Não estamos falando em lidar com o stress – estamos falando de dissolver o stress. Como nuvens tapando o sol, o stress na mente e no corpo é o que bloqueia a expressão no nosso potencial completo. Como a mente e o corpo estão intimamente ligados, quando a mente se acalma e experimenta estados mais sutis de pensamento, o corpo se tranqüiliza e experimenta estados mais profundos de repouso. Esse repouso é altamente proveitoso para o corpo para recuperá-lo de alterações, fadiga, esgotamentos e tensão.

Nota do editor deste blog: Se vc chegou até aqui, parabéns! Porque este resumo é bastante extenso, tendo em vista que o livro é muito bom e eu não poderia deixar muita coisa de fora. Quem sofreu com todas essas linhas foi minha secretária. Eu leio o livro e sublinho as partes que julgo essenciais e ela é quem digita. É claro que ela não é paga só para fazer isso. E nunca reclamou deste serviço extra já que diz aprender enquanto lê o que digita. Mas dessa vez ela trabalhou bastante. Enfim, o livro termina dizendo que a única maneira de se aprender a técnica de Meditação Transcendental é pessoalmente com um professor habilitado. Essa é a única parte em que discordo do autor. Talvez ele tenha editado esse livro antes do advento do youtube, onde com um pouco de pesquisa podemos encontrar vídeos bem instrutivos a respeito dessa técnica. O aprendizado não termina aqui. Agora é por sua conta e interesse. Boa sorte e... Namasté!
Tom R. ******************************************************************************

Inscreva-se em nossa NewsLetter e receba semanalmente a postagem de destaque de cada semana do nosso blog MAIS DE MIL FRASES DE EFEITO. Vídeos motivacionais, Sugestão de Filmes de Efeito, Sons de Efeito, Vídeos de Efeito, Frases de Efeito, Matérias de Efeito, resumos de livros de Auto-Ajuda e muito, muito mais.
Preencha a linha abaixo com seu e-mail e usufrua Já desta vantagem:
Coloque aqui seu e-mail:



My Great Web page

13 comentários:

Mag disse...

Obrigada Tom R
Maravilhoso, devorei cada frase.
Bjuss

Lu disse...

Tom, você sempre nos presenteando com Maravilhos Alimentos.
Obrigada, querido amigo.

Anônimo disse...

Grande Tom,obrigada!
O bom é que existem muitos
tipos de meditação e todas tem o mesmo objetivo,e fim, então ,cada um pode buscar a sua de acordo com sua personalidade(no site do Osho,por ex,tem muitas)
muita Luz!
Gisele

Anônimo disse...

oi.
primeiro obrigada a sua secretária... espero que tenha feito esse "trabalho" sem esforzo, com certeza trará frutos para ela. Para vc, obrigada também, por pensar em beneficiar o maior número de pessoas com a sua leitura. Acabei de ler no calendário da Seicho no Ie de hoje "Quem se dedica em prol da humanidade obtém muitas bênçãos. Todas as pessoas consideradas grandiosas praticaram atos de caridade e empenharam-se em ajudar os outros. As que perseguem a glória, a riqueza ou posições elvadas acabam se arruinando. Não há trabalho mais nobre que o de ajudar os outros e proporcionar felicidade a grande número de pessoas." E nesse caminho estão vc e sua secretária. Obrigada de novo

Cecilia disse...

Depois de ler este post, decidi baixar um cambio e relaxar um pouco. Resultado: estou fazendo ioga, caminho todas as manhãs na praia e pratico meditação. O trabalho ficou em segundo plano. O brigada pelo texto, muito bom mesmo.

Andersen disse...

Tom R
Parabéns pela iniciativa, e muito obrigado.
Abraço,
Andersen.

Anônimo disse...

Tom o texto é excelente, já li sobre Meditação Transcendental até tenho o livro de Laurence LeShan , é repleto de exercícios vou reler.
Asssim que der vou comprar este livro,a linguagem é ótima e divertida a forma como autor escreve.
Parabén$!

Mistérios, Magias ou Milagres. disse...

Obrigada, por permitir que eu possa ler e reler cada palavra é maravilhoso.Benção dos Céus.

ines disse...

Que maravilhoso poder ler seus resumos dos textos de livros estritamente importantes para nossa vida. Sempre que venho até aqui ler seu blog sei que jamais vou sair a mesma pessoa, as vezes ou muitas vezes deixamos de praticar, mas somente com a prática de qualquer atividade é que se torna possível o impossível.Preciso lembrar e me educar para que o ato se torne um hábito. Muita luz em seu caminho TOM, abraços!

Camila C. Thimoteo disse...

Parabéns pelo blog, me identifiquei muito com todo o conteúdo, e com certeza voltarei por aqui muitas vezes. Tom, se tiver alguma indicação de vídeo do youtube que ensine a técnica de Meditação Transcendental, fico muito agradecida se puder publicar ou me enviar por e-mail (camila.cristina.t@hotmail.com) mas de qqer forma a primeira coisa que farei ao terminar essa mensagem é procurar, pois desejo muito atingir esse estado que é relatado no texto. Grata, grande abraço, Camila.

abel paulo Simango disse...

Nossa. . . Cada vez se torna mais vicioso este blog. Um vício perfeito para a alma.
Nem tenho tido tempo de olhar os problemas, o cardápio näo me deixa. . .
Como posso ser membro?
se eu pudesse ajudar, seria espectåcular.

Anônimo disse...

Apesar da meticulosidade da educação, eles se esqueceram de uma coisa. Eles se esqueceram do estudante. Eles se esqueceram do “conhecedor” – aquele que conhece o conhecimento. Quem é ele? O que é aquele que realmente faz o conhecimento?
O que vc sabe?,...
É isso que realmente pergunto as pessoa que não conhecem um ser MAIOR, Respeitar as regras da meditação, ., parabéns pelo blog, mais um fã,.

CRAISY SEBASTIAN disse...

É UM BLOG ALTAMENTE. GOSTEI ESPERO QUE CONTINUEM APOSTAREM ARTIGOS DO GENERO PARA O BEM PÚBLICO. PORQUE QUE AJUDA NO SIMPLES FATO DE AJUDAR JA ESTA SENDO AJUDADO OBRIGADO.